Ghouls’n Ghosts © 1988 Capcom.

11/11/2009 at 11:29 (Sem categoria)

Por Rafael Pereira

Ghouls’n Ghosts é com certeza um dos jogos mais difíceis de GBA que joguei na minha vida! E também quase joguei o mesmo no chão por causa dele! Nunca terminei e se tiver alguém que já, por favor me conte o final !hehe..

Bem Ghouls ´n Ghosts que passa por um cavaleiro (Arthur) que mais uma vez vem lutando contra as criaturas terríveis do Demon World. Os demônios sequestram sua amada Prin Prin que fora sequestrada para um ritual macabro, então ele parte atras do rei dos demônios ”lucifer” para salvar a alma da sua amada mortal.

É bem semelhante ao anterior Ghosts’n Goblins, o clássico correr e atirar continua intacto sendo ainda mais difícil que seu anterior, novas armaduras podem ser achadas em toraxe, mas cuidado algumas possuem um poder maligno capaz de te transformar um em um velho ou pato. Os gráficos  combinam muito com a fantástica trilha sonora.Eu recomendo!

Anúncios

Link permanente 1 Comentário

O maior Mario Lego

26/10/2009 at 18:38 (Sem categoria) (, , , )

Por Renan Rodrigues

Você é um nintendista que não tem namorada, tem um enorme tempo livre, não se estressa facilmente e tem 40 mil peças de lego “sobrando”. O que você faz?
Um Mario de lego, óbvio!
Bom, não sei se você faria isso, mas tem gente que faria.

Faria não,fez. Aqui o maior Mario de lego do mundo, com 1,80m de altura (base incluída) e pesando 50 Kg. Quer para você?

Pela bagatela de € 2.700 você pode levar ele para casa, e ainda ajudar a fundação Ronald McDonald da Holanda, que visa arrumar moradia próxima do hospital para parentes de crianças hospitalizadas. Ou seja, além de atestar a sua “nintendentidade”, você ainda ganha o selo de pessoa de bom coração.

Bom negócio, não?

mario lego2 Mario legomari lego3 Mario lego final

Mario lego

Via: Gizmodo

Link permanente 4 Comentários

Primeiras Impressões: Kingdom Hearts 358/2 days (DS)

21/10/2009 at 22:13 (Nintendo Ds, Primeiras Impressões) (, , )

Por Renan Rodrigues

Kingdom Hearts surgiu originalmente como um jogo de PS2, na estranha mistura Square/Disney. O jogo, apesar de antes do lançamento gerar certas dúvidas quanto a sua “rpgidade” (sim,acabei de inventar essa palavra), conseguiu uma grande leva de fãs, o que gerou mais dois jogos da série “principal”: Kingdom Hearts: Chain of Memories (GBA) e Kingdom Hearts 2 (PS2). Além disso, no Japão foi lançada uma versão para celulares.

A série segue a seguinte ordem para explicar a história. KH>KH:CoM>KH2.

Mas entre a história do Chain of Memories e Kingdom Hearts 2, existe um “espaço” um pouco confuso, com pouca explicação sobre Roxas e a Organization XIII. Aí que entra o Kingdom Hearts 358/2 Days (lê-se three five eight over two), que visa explicar mais sobre Roxas e sua ligação com a Organization XIII.

História

Como já dito, a história retrata os eventos referentes a Roxas que ocorrem entre CoM e KH2. Você pode até jogar o game sem saber da história dos outros jogos, mas para um melhor entendimento é bom saber ao menos o principal da história dos outros games.

O game inicia-se com um vídeo muito bonito de introdução,  mas após isso, são mostrados apenas alguns vídeos que mostram conversas antes e depois das missões.

O jogo mantém aquele clima de mistério, o que acaba fazendo com que queiramos jogar mais apenas pelo prazer de desvendar a história.

Gráficos

Um dos pontos em que o jogo merece ser considerado um dos melhores (se não o melhor) do Nintendo Ds.

Os cenários são belíssimos, bem construídos assim como os personagens. Como o Ds não é muito poderoso, os serrilhados são bem perceptíveis, mas ocorrem mais nos personagens do que nos cenários.

Os cenários além de bem construídos, tem algumas características únicas bem legais em algumas partes, como no Castelo da Fera (de a Bela e a Fera), em que se pode perceber uma espécie de arranhão em uma das paredes.

kingdom-hearts-3582-days-20080808022614000_640w KingdomHearts358-2_Gameplay1

Sonoridade
Outro aspecto de grande relevância no game. Trilha sonora linda, com trilhas das versões de Ps2, e trilhas novas. Cada mundo tem sua respectiva trilha sonora (todas bem feitas), que grudam na sua cabeça feito chiclete.

Quanto à dublagem, até onde eu joguei, só havia poucas cenas dubladas, e no máximo alguns diálogos in-game com uns “oh”,”hey”.

Jogabilidade

A jogabilidade foi criada utilizando-se o mesmo modelo das versões “maiores”, ou seja, não utiliza-se a touchscreen para quase nada (apenas controle da câmera e visualização do mapa). Os controles são fáceis de se aprender, e existe duas ou três configurações que podem ser escolhidas (não me lembro ao certo).

Infelizmente, de todos os quesitos a jogabilidade é o de mais baixo nível, pois é muito repetitiva. O jogo (até a parte em que joguei), baseia-se basicamente em completar missões como: investigue o mundo, colete corações, destrua um alvo específico e procure álguem.

Sem falar que nas primeiras 3 horas de jogo, somos “brindados” com uma avalanche de tutoriais, que só “travam” o nosso avanço. Alguns tutoriais podem ser bem úteis para jogadores de primeira viagem, mas alguns são dispensáveis até para os mesmos.

Multiplayer

Ainda não testei o modo multiplayer do jogo. Fica para o Review “oficial” do Tech Turn.

Concluindo, o jogo, apesar de alguns pontos negativos, é quase obrigatório para aqueles que gostam de jogos bem construídos, com boas histórias e com pitadas de RPG. Se você é fã da série e já conhece a história dos games, o que está fazendo lendo isso que não está jogando o game?

Pontos positivos:

. Gráficos acima da média do DS.

.História bem elaborada.

.Trilha sonora bem construída.

Pontos negativos

.A jogabilidade poderia ser menos repetitiva.

Link permanente 1 Comentário

Golden Sun 3: The Solar Soothsayer (sai ou não sai !?)

20/10/2009 at 12:32 (Sem categoria)

Por  Rafael Pereira

Depois de lançarem o Goldem Sun  (1 agosto, Japão/11 Novembro estados Unidos) e o Goldem Sun 2 : The Lost Age (2002 Japão/2003 América e Europa) que fizeram muito sucesso no Game Boy Advance (ou simplesmente GBA) e tiveram como característica principal os 4 elementos (Fogo, Água, Vento e Terra)e os famosos ‘Djinn”(“um espírito” ou uma força invisível ou oculta) finalmente terá uma continuação já anunciada na E3 2009 na terça feira 2 de junho.

Foi mostrada uma versão demo jogável, e foi demostrado que o game será controlado pela Stylus e a tela sensível ao toque ou Pad Direcional e terá a mesma função de batalha dos games anteriores, no entanto o 2d foi deixado de lado e colocado 3D que concerteza  prometem. O s Djinn de  convocação, Rasmes e Atalanta, já foram confirmados.

A História se passa em continuação dos jogos anteriores da série. A versão está prevista a qualquer momento de 2010.

Veja um pouco da demonstração divulgada na E3 2009

Link permanente 5 Comentários

Como baixar vídeos do Youtube?

19/10/2009 at 18:10 (Dicas) (, , )

Por Renan Rodrigues

As vezes você está sem fazer nada, assistindo um vídeo  no YouTube, e acha um vídeo legal pra mostrar para todos que você conhece. Então você procura no Youtube algum botão de “download” e não acha.

O que fazer para poder baixar o vídeo? Existe algum modo?

Sim, existe, e vou falar dele agora Continue lendo »

Link permanente 5 Comentários

New Super Mario Bros(2).Wii

19/10/2009 at 18:05 (Nintendo)

Por Rafael Pereira

New Super Mario Bros Wii será “muito difícil” foi o que o criador Shigeru Miyamoto disse em uma demonstração (para o Joystiq) em Nova York se queixando sobre o jogo 2D anterior que ficou muito ” fácil “.

O game contará com o sistema Hard Core. Ao decorrer do jogo você coleta as moedas para liberar uma espécie de Super Guia (videos que destacam habilidades especiais). Há um video do game play que disseram ” Does It Look Dificult? “(Isso pareçe dificil?)

Link permanente 4 Comentários

Castlevania – Drácula X – Remake PSP –

18/10/2009 at 21:03 (Sem categoria) (, )

Por Rafael Pereira

Se você e fãn de Castlevania e achou o Drácula X um pouco curto  ou se encontrou perambulando em um castelo escuro e ficou com uma vontade assombrosa de ter sangue na boca ,com certeza não vai se importar em matar sua própria espécie em formato digital. Mas felizmente para nós vampiros ainda podemos jogar Castlevania Rondo Of  Blood que é um Remake do Classico do SNES, que é uma compilaçao que traz uma versão totalmente melhorada do Castlevania  (versão original incluida) que é realmente difícil e muitas vezes frustrante.

A maior parte desse jogo é toda sobre oDracula X, e os outros dois são tratados meio como extras, e segue com Richter Belmont que tem uma ligação direta com Simon Belmont( eu tambem queria ser descendente )que conta com a noite para matar o lendário Drácula e salvar sua amada Annette que fora sequestradas por forças digamos, malignas.
Embora o jogo passe em 2D side scrolling (a mesma visão do original), os fundos e os personagens estaõ em 3D que dá um aspecto interesante ao jogo. A maior parte do jogo é dublado e a trilha sonora é realmente fantastica.
O modo de luta pode ser feito com chicote ou usar uma arma de lado (Holy Water , Cruz, Axe, Etc).

Você tambem pode jogar com uma outra personagem Maria Renard que é uma garota que liberta Richter no início da primeira  fase (ela é um personagem extra),mas você pode liberá-la depois de conheçe-la, pode pareçer um pouco estranho a pouca falta de contraste no modo dela de se vertir mas logo você reparará alguns traços obscuros nela.

O jogo é muito divertido.

Link permanente 4 Comentários

Pokémon ainda dura muito tempo?

18/10/2009 at 19:34 (Nintendo) ()

Por Renan Rodrigues

Embora  o título do post pareça um pouco sensacionalista (enbora não seja), neste post eu quero mostrar alguns motivos que possam indicar um (infeliz) fim da série principal.

Primeiro, vamos analisar a “história” dos jogos lançados.

1ª Geração- 1996 (Japão)/ 1998 (Eua) –> 3 º jogo da 1ª geração- 1999 (Japão, 2 anos após os 2 primeiros jogos)/1999  (Eua, 1 ano após o lançamento americano)

2ª geração- 1999(Japão)/2000 (Eua) –> 3º jogo da 2 geração- 2000( Japão, 1 ano após os 2 jogos da 1ª geração)/2001 (Eua,1 ano após os 2 lançamentos americanos)

3ª geração- 2002 (Japão)/2003 (Eua) –>3º jogo da 3ª geração-2004 (Japão e Eua, 2 anos dos lançamentos japônes,1 ano dos lançamentos americanos)

“Remake de aniversário”- 2004 (8 anos após o lançamento original)

4ª geração – 2006 (japão)/2007 (Eua)–>3º jogo da 4ª geração–2008(Japão, 2 anos após o lançamento de DP)/2009(Eua, dois anos após o lançamento de DP)

“Remake de aniversário”- 2009(Japão, 10 anos após jogos originais)/2010 (Eua, 10 anos após os jogos originais)

Perceberam alguma espécie de cronograma entre os lançamentos dos jogos? Não? Então explico mais ou menos:

Podemos perceber que existe um cronograma que a Game Freak segue no desenvolvimento dos jogos. Com algumas exceções, o cronograma é mais ou menos assim:

Lançamentos (nos Eua) que “introduzem” uma nova geração, saem com um intervalo de 2 anos entre si. (1998-2000-2002-2004-2007)

Mas no caso, os jogos Fire Red/Leaf Green são considerados 3 geração, pois eles juntamente com Ruby/Saphire “liberavam” os 385 pokémons.

Então podemos ver assim, a cada dois anos( em média) nos Eua, é lançado um novo jogo com uma nova geração de Pokémon. E a cada 8 ou 10 anos é lançado o remake das versões que estão completando essa idade.

Ou seja, se seguirmos esse raciocínio teremos: Remake de 10 anos de Pokémon Gold&Silver (já confirmado) para 2010;

Um novo jogo pokémon (que introduzirá a 5ª geração) em 2012;

Remake de Ruby&Sapphire em 2013/2014

E um possível lançamento da 6ª geração em 2016.

Mas aí vocês me perguntam, ” O que isso tem a ver com a durabilidade da série pokémon?”

Simples, a quantidade de jogos. Veja bem, embora eu não tenha certeza nenhuma das previsões que fiz, considerando o cronograma dos outros jogos vai ser bem parecido com isso.

Mas agora pense: Qual a diferença na “mecânica” dos jogos? Apenas a inclusão de mais pokémons, equilíbrio entre tipos (pokémons psiquícos na 1ª geração eram quase indestrutíveis) e adição de mais golpes. Basicamente só isso.

Mas aí você me pergunta: “Então por que a série vende bem até hoje?”

Por que os antigos jogadores ainda jogam, e os mais novos gostam de entrar nesse mundo maravilhoso de pokémon. Mas será que só isso basta? Afinal, gostos mudam, e jogar basicamente a mesma coisa em todo novo jogo pode cansar.

Por isso acho que a Nintendo deveria inovar mais em Pokémon, adicionar coisas que muitos imaginam que poderia ter no jogo, ou criar coisa inimagináveis. Fazer o que ela fez em Mário Galaxy por exemplo, manter as bases originais, mas acrescentar elementos que expandam toda as partes do jogo.

É claro que não devemos pensar só no “fim de pokémon”, afinal, tudo pode ter dois caminhos, e pode ser que pokémon siga pelo caminho de suas bases (sem alteração) e ainda conseguir muitos jogadores.

Mas com a atual reclamação de vários jogadores de que os jogos não inovam, e com estes sendo mais “rígidos” na escolha dos mesmos, acho eu que a única opção para a Nintendo seria a “inovação mantendo as bases”.

A única coisa que nós jogadores podemos fazer é não deixar esse jogo mágico, que fez a infância (e a fase adulta) de muitos, morrer. Devemos acreditar que a Nintendo descobrirá uma maneira de agradar aos novos jogadores e aos antigos, e manter viva esse incrível e maravilhosa franquia.

Ps.: Se houver algum erro nas datas do post, desculpem, são muitas datas e eu posso acabar me confundindo.

Link permanente 8 Comentários

Desventuras de uma infância gamer

18/10/2009 at 9:51 (Listas) ()

Por Renan Rodrigues

Qualquer gamer que teve uma infância gamer ( ou está tendo uma) teve momentos engraçados/mirabolantes/vergonhosos durante esse tempo.

E por incrível que pareça, muitos deles são compartilhados por milhares de gamers no mundo.

Citarei aqui os que acho que são os mais comuns entre a comunidade gamer, e garanto que você se identificará ao menos com um deles. Continue lendo »

Link permanente 4 Comentários

Bem vindo

08/10/2009 at 14:56 (Sem categoria)

Sejam bem vindos ao Tech Turn, um blog descontraído que pretende informar seus (futuros) leitores sobre quase todos os temas legais que possam ser abordados. Sejam games, programas para computador, notícias, vídeos, imagens, tudo poderá aparecer por aqui.

Por isso, sejam bem vindos ao Tech Turn!

Link permanente 1 Comentário